Refletindo
A gravidade atrai todas as coisas para o centro da terra, mas, aparentemente desconhecendo essa lei, um avião voa livre pelos ares. Como ele consegue isso? É que nele há um poder (o motor e o desenho aerodinâmico) que o faz vencer a gravidade. Algo semelhante ocorre conosco: por mais que provações e dificuldades queiram prender-nos à terra e a nós mesmos, temos o maior poder do universo: Cristo, o Homem-Deus que venceu a morte, ressuscitou, tornou-se o Espírito que dá vida e habita em nosso espírito. Por isso, Satanás e as situações negativas não podem impedir-nos de buscar o Senhor e de desfrutá-Lo.
Chamamento

Deus precisa que cada filho Seu disponha-se para ser feito um vaso de honra na Sua casa. Ele fará isso, desde que queiramos e aceitemos Seu "método de trabalho": negar a nós mesmos e permitir-Lhe destruir nossa vida natural. Para tanto, precisamos a todo tempo invocar o nome do Senhor, buscando-O de coração puro junto com outros irmãos. Desse modo, as situações de provação nos trarão profundo benefício espiritual, pois morremos em nosso ego e a vida de Jesus se manisfestará em nós. Quando isso ocorre, a igreja e os irmãos são beneficiados, pois mais da vida divina poderá fluir livremente de nós para os outros.

Quem Fez, Sabe como Funciona

Quem Fez, Sabe como Funciona

Certo homem, muito tempo atrás, possuía um automóvel modelo Ford, com o qual passeava pelas ruas de sua cidade. Contentíssimo, o proprietário admirava-se sempre dos muitos recursos, da velocidade e maciez que seu novo veículo proporcionava. 
         Ia assim um dia, nosso amigo, quando, subitamente, o carro parou. Em plena avenida, morreu o motor e nada o fazia pegar. De tudo tentou o proprietário: deu partida várias vezes, empurrou, abriu o capô, fechou, tornou a abrir, pediu ajuda, mas nada ...nem sinal de querer funcionar. 
         Como podia! Um carro tão bom, parar desse jeito! O homem já ia perder a paciência quando um desconhecido solicitou licença para ajudar. Desconsolado, o proprietário consentiu, sem confiar que qualquer coisa pudesse ser feita àquela altura. 
         O estranho, porém, abriu o capô, conectou um fiozinho a uma peça do motor e, com um delicado toque, completou o reparo. Suas mãos nem receberam mancha de graxa, e, dada a partida, estava perfeito o automóvel. Parece ironia . . .
O mecânico desconhecido aproximou-se do proprietário e mostrando-lhe sua carteira de identidade, diante dos olhos curiosos de uma pequena multidão, disse: 
          - Meu nome é Henry Ford. Eu é que fiz estes veículos e compreendo muito bem como funcionam!

 Ninguém conhece melhor uma obra do que o seu fabricante. Melhor do ninguém, Deus sabe tudo do homem. Ele sabe como cada parte funciona em nós. Porque não irmos, então, à sua palavra, para receber o toque que este “veículo” necessita?  Por séculos, os filósofos e sábios têm tentado melhorar o homem, sem resultados, enquanto a Palavra de Deus diz que o Criador, com um único toque, regenera o coração humano e, de uma vez por todas, “faz andar o engenho”. Convertamo-nos, portanto, a Ele, de todo o coração!