Igreja & Tecnologia



Neste PAPO DIGITAL conversamos sobre:
1) Os conflitos das gerações
a. Anos 80 e 90
Só encontrava os irmãos nas reuniões
A comunicação principal era nas reuniões (avisos)
Algumas igrejas utilizavam informativos impressos
Atenção total voltada para o púlpito
Comunicado das conferências via carta-convite por correios
Inscrições via fax ou correios
As mensagens eram gravadas em fitas cassete, que eram disponibilizadas depois das reuniões
Existia o receio de publicar na internet
Vídeo-treinamento
b. Anos 2000
O contato com os irmãos se tornaram mais frequentes
As igrejas passaram a ter sites na internet e e-mail
Os celulares se popularizavam
As mensagens passaram a ser disponibilizadas na internet
As mensagens passaram a ser transmitidas ao vivo pela internet
Regiões mais remotas passaram a obter o mesmo conteúdo das grandes cidades por meio do avanço tecnológico

2) Os novos meios para alcançar as pessoas
a. Porta a Porta
b. Livros
c. Rádio
d. TV
e. Internet

3) Repensando o uso da tecnologia na igreja
a. Projeção de Hinos e versículos
b. Videoconferência: encontros, comunhão, ruminar da palavra
c. Transmissão de áudio e vídeo
i. Youtube Live
ii. Facebook Live
iii. Web rádio
d. Smartphones nas reuniões
e. E-books
f. Sites das igrejas
g. Aplicativos
i. Bíblia
ii. Hinário
iii. Bloquear o toque na hora das reuniões
iv. Anotações
v. Agenda
h. Wifi no local de reuniões

4) Utilizando as redes sociais a favor do Reino de Deus
a. Eventos bem divulgados
b. Vídeos Curtos
c. Cuidado com o direito autoral de imagens, áudio e vídeo
d. Evitar entrar em discussões na internet
e. Criar meios que os internautas interajam com a igreja por meio da RS
f. Responder as perguntas deles
g. Definir responsáveis pelas redes sociais da igreja
h. Tomar cuidado com as fotos disponibilizadas

5) Encontrando soluções criativas para inovar na igreja
a. Hoje temos liberdade para inovar na igreja
b. Vamos aproveitar o potencial dos jovens
c. Estimular os irmãos a inovarem
i. Realizar concursos
ii. Gincanas entre os jovens
iii. Pensar na sustentabilidade
d. Os presbíteros precisam apoiar essas ações de inovação
e. Precisa manter o foco